Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Herman José

Herman José

Herman José - Disco com orquestra

Joana, 05.06.09

 

 

Adeus, Vou Ali, Já Venho’ é o título do disco que Herman José irá começar a gravar no início do mês de Junho. O humorista e apresentador entra em estúdio na próxima quarta-feira e para o seu novo trabalho discográfico irá contar com a colaboração da orquestra de Pedro Duarte, que já o acompanhava ao vivo no programa Herman Sic.

 

O álbum contará com 12 temas: três originais, sete versões e dois genéricos recuperados dos programas ‘Casino Royal’ e ‘Hora H’. Entre os temas inéditos contam-se o single que dá nome ao disco e a canção ‘Amor Avariado’, que, segundo Herman José, 'mais não é do que uma balada da dor de corno'.

 

Para o novo disco, o humorista recupera também três temas de Carlos Paião, ‘Apaixonado’, ‘Tango a Portugal’ e ‘O Meu Automóvel’, e volta a gravar o tema ‘Podia Acabar o Mundo’, feito em parceria com Rosa Lobato Faria em 1994 e que serve à actual novela da SIC. Do alinhamento fará ainda parte uma canção interpretada pela personagem Nelo e dedicada 'à sua gaja'. Segundo Herman José, esta é a primeira vez que está a conseguir gravar um disco com tempo. 'Há já três meses que ando a trabalhar nele', conta.

 

O álbum, que chega ao mercado no final de Junho, esteve para contar com a participação de Mariza no tema ‘Amor Avariado’ mas, segundo Herman, a fadista foi impedida pela editora de colaborar. 'Fiquei um pouco triste. A ideia não era fazer um dueto com uma cantora, era mais um acto de amizade para com uma pessoa que há nove anos apareceu num aniversário meu a perguntar se podia cantar e que eu lancei depois no meu programa', concluiu.

 

O disco é apresentado em Setembro no Tivoli e deverá ser gravado para posterior edição em DVD.

 

Herman regressa a 5 de Julho na TVI

Joana, 04.06.09


 

Depois da RTP e SIC, Herman José prepara-se para surgir no ecrã da TVI. Esta quarta-feira, José Eduardo Moniz, director geral da estação de Queluz, apresentou a nova carta do seu baralho.


O humorista conduz a adaptação do formato britânico “The one and only” - ainda sem nome português -, que vai ser transmitido nas noites de domingo, no horário deixado vago por “Uma canção para ti”.


O programa, que estreia a 5 de Julho, é produzido pela Endemol, e remete para outros formatos como “Chuvas de estrelas” ou “Ídolos”.


Os concorrentes fazem imitações de celebridades nacionais ou internacionais, mas são sujeitos à votação de um júri e dos espectadores. O vencedor ganha um contrato de um mês para um espectáculo musical em Las Vegas e uma quantia em dinheiro cujo valor ainda não está determindado.


Herman José popularizou-se na RTP, onde cimentou uma carreira como humorista, mas foi na SIC que alcançou o estrelato com programas como o "Herman SIC". No entanto, nos últimos tempos, com "Hora H" e mais recentemente com o concurso "Roda da Sorte" a relação com a estação começou a deteriorar-se.


A um vínculo com a estação sucedeu-se um contrato ao serviço, por programa, e, nos últimos meses, Herman José resolveu revelar que estava livre para o mercado a aberto a novas propostas. Por agora, o seu futuro passa pela TVI, estação com que estabeleceu, para já, negociação para este programa. Mas não está posta de parte a hipótese de se fazer uma segunda edição, caso os resultados o justifiquem.

 

O guia exclusivo de Herman para Nova Iorque

Joana, 03.06.09

 

Herman nunca viveu em Nova Iorque mas em 27 anos já lá foi mais de 30 vezes. Continua a ser difícil descrever a incrível atracção que sente pela cidade.

 

O meu hotel favorito
Peninsula na Quinta com a 55. Há 16 anos ! Discreto, pequeno, fiável e sofisticado.

 

O meu restaurante favorito
O Adour do Alin Ducasse no Saint Regis. O melhor da cozinha francesa, servido com o timing americano.

 

O melhor passeio por Nova Iorque
Subir a Lexington num dia de sol. Uma espécie de aldeia na mais cosmopolita das cidades.

 

O melhor bar
O do Spice Market no Meat Packing District. Propedêutico, sofisticado, antes de uma refeição exótica.



A melhor livraria

A  New York Public Library na Quinta Avenida. Um marco histórico, e um monumento incontornável.

 

A rua certa para fazer compras
O Barneys e a Bergdorf & Goodman. Sobretudo em saldos. Tenho feito os negócios da minha vida, com descontos para além dos 80%!

 

A galeria de arte
Whitney Museum of American Art na Madison Avenue.  Para além das colecções Hopper e Marsh, é a galeria com a maior colecção do meu ídolo Alexander Calder.


O museu
O MoMa. Confortável, central, variado, pulsante.

 

O melhor segredo escondido de Nova Iorque
Comprar os bilhetes pela Telecharge com o cartão American Express e levar de Lisboa na mala, um lote bilhetes devidamente impressos em folhas A4, de coxias centrais em segundas e terceiras filas!

 

Pág. 3/3