InicioBiografiaEspetáculosHerman RespondeEntrevistasVídeosFotosChatFãs
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007
Respostas do Herman

Boa tarde, Herman José . Passei pelo seu blog, está estupendo. Sou daquelas pessoas que já esteve consigo ao vivo, adoro-o é um bom profissional e gosto do seu humor. Sabe fiquei triste porque já adicionei vários Hermans ao meu hi5 e soube hoje que não o tinha. Pois no meu tenho algumas fotos tiradas nos Bastidores do café café. Desejo todas as felicidades para si e já agora vou deixar o meu hi5 (http://shona40.hi5.com) Responda-me faço anos dia 28 de Outubro e esta seria uma boa prenda. Beijinhos Herman . Maria de Fátima Carmo

 

Cara Maria de Fátima, não faço tenções nem tenho tempo para me unir a comunidades do tipo Hi 5 e quejandas. Mas tenho o maior prazer em lhe mandar uma tonelada de beijos de parabéns por esta via !

 

Querido Herman,  Gostei de rever neste FANTÁSTICO blog a notícia da polémica da “Ùltima Ceia”. Tenho pena que não haja (AINDA) documentação disponível sobre aquela vez em que foi mandado para casa em 1988 por ter "abusado" ao gozar com figuras históricas no programa “Humor de Perdição”. Eu era muito nova na altura, mas tenho a polémica bem presente - o meu falecido pai era advogado e indignou-se até à TAQUICARDIA ! A minha pergunta é perversa: acha que a letra da versão deste fado do Hermansic de 2003 (o que eu adorava esse grupo de fadistas que cantava na abertura dos programas com uma cidade animada em fundo) teve alguma coisa a ver com outra e mais pidesca forma de o tentarem silenciar de vez ?

 "O SEGREDO MORA SEMPRE POR CASTIGO

NUM BOM ARTIGO, NUM BOM ARTIGO

E A SEU LADO, CONVIVENDO À VONTADE

ESTÃO A MENTIRA, E A VERDADE

QUASE EM FRENTE NUMA REDACÇÃO BONITA

MORA A CABRITA, MORA A CABRITA

E QUEM SE LIXA COM TAMANHA LAGARIÇA

É A NOSSA JUSTIÇA, É A NOSSA JUSTIÇA...."

Tem coragem de responder com verdade, ou ainda teme que o venham buscar a casa por ter sido o verdadeiro raptor da Maddie, ou o chefe do gang que andou a assaltar as ourivesarias de Viana do Castelo ? lololololol da sua fã de sempre Filipa

 

Cara Filipa, raras vezes me deparo com perguntas de tal maneira inteligentes como as suas, que já encerram nelas as respostas. Basta recuperar a primeira página do Expresso de 31 de Maio de 2003 em que NEM UMA ÚNICA NOTÍCIA SOBRE MIM é verdadeira, para reforçar as respostas às suas questões. Fui enxovalhado, caluniado, e arrastado para a lama por uma inimputável a quem deram ouvidos. (Optei por não processar o Expresso por fazer parte do mesmo grupo para que trabalho). Talvez esteja em melhores condições do que ninguém, de entender o desabafo do PGR Pinto Monteiro ao semanário SOL. O “estado de direito” (as minúsculas não são por acaso) em Portugal, é ainda uma visão.

 

Viva! Faço parte da geração de portugueses que cresceu a ver o Herman, aliás, uma das recordações de infância que relembro com satisfação é a de a minha avó me fazer uma pratada de maizena com farofas e canela, que comia depois do almoço, a ver reposições do Tal Canal na RTP1 (pode parecer tonto, mas são nestas coisas simples que muitas vezes encontramos alegria, não é?). Do Hora H, vi muito pouco, não gostei muito, vou tentar ver o "best-of". É um pouquinho triste para mim, porque eu queria muito gostar do programa. Mas não me reteve o interesse (e horário não ajuda muito, claro está). O Herman parece-me estar um pouco decadente, talvez demasiado tempo estagnante no Herman Sic? Aquele formato talvez não fosse o melhor, houveram coisas que não resultaram bem nos últimos tempos. Uma delas surpreendeu-me: os segmentos de culinária. Eu não cozinho nada, mas adoro ver gente a cozinhar. Quem sabe não vemos o Herman a fazer rubricas de cozinha, desta vez a sério e com menos paprika? (Há aquele novo programa de culinária na RTP2, muito bem feito, mas nunca vi o Herman como convidado, parece-me?) Espero que volte a arriscar e a fazer coisas melhores, coisas diferentes. Neste momento passa-se muita coisa no país, não deixe que lhe passe ao lado (os Gatos, por exemplo, estão a fazer um trabalho muito bom neste sentido, pena é que foram de férias!). Se calhar esta pergunta já foi feita um milhão de vezes, mas não há possibilidade de o melhor de Nélio e Idália sair em DVD? Mais, os programas que o Herman fez na rádio (HermanSF, acho que havia ainda outro programa?), não se poderiam editar ou colocar algures na net? Tinha umas cassetes velhinhas com alguns desses programas, mas infelizmente perdi-as algures! Acredite ou não, costumava ouvi-las regularmente, eram um "one-man show" extraordinário, que humor subversivo! Enviei certa vez um mail para a TSF acerca disto, mas não obtive resposta. Foi um pouco um laboratório para as experiências televisivas que se seguiram, não foi? Já pensou em utilizar a Internet como novo laboratório humorístico? Já agora, devo dizer-lhe que, se algo for editado, era capaz de valer a pena ser legendado em inglês. Traduzi uma vez uns episódios do Nelo e Idália e mostrei a uns "gringos" simpáticos, adoraram. O bom humor não tem barreiras linguísticas. Quer ver um bom exemplo? Conhece um programa chamado "Vermilion Pleasure Night" (um projecto experimental de variedades, do Yoshimasa Ishibashi, com sketches humorísticos, performances artísticas e música)? Alucinante. Fica-se com a impressão de que aquela gente está tão além de tudo o resto, chega a ser desconcertante. Este email ficou para o grande, não? Peço desculpa, tenho tendência a esticar-me com as palavras. Espero que volte à carga em força, depois das férias! Cláudia

 

Cara Cláudia, hoje em dia, uma das suas propostas foi concretizada com os “Incorrigíveis” do Sapo. Quanto ao Hora H, também lamento o horário. Pode ser que a sua mudança recente para o “late night “ de sábado lhe dê uma outra visibilidade.

 

Olá Herman! 4 semanas sem “Hora H” são um sofrimento! Pode não acreditar mas o Domingo à noite (ou madrugada de Segunda LOL) não é a mesma coisa sem os seus programas. É um hábito que se cria, como encontrar os amigos para um cafézinho e uma boa conversa. É assim que eu vejo o Hora H: vamos lá ver o que é que os meus amigos andam a fazer…  E, como já tive a oportunidade de lhe dizer pessoalmente (no Tivoli), não me desilude. Adoro a nova equipa de actores (o César é um talento!), adoro a Rueff em tudo o que ela faz e o Herman, para além de ser um óptimo autor (o Humor de Perdição é uma pérola da história da televisão portuguesa em termos de escrita!) é um dos melhores actores de humor que eu conheço… e conheço bastantes, devoro Britcoms, Woody Allens, Almodovars e afins. Não sei se leu a crítica que o João Lopes escreveu no DN sobre o Júlio Flores, penso que em Agosto. Estou perfeitamente de acordo com as palavras dele sobre o trabalho de ourives que aplica na composição daquela personagem. Chega a ser desconfortável presencearmos as histórias daquela personagem, mas ao mesmo tempo muito divertido. E isso, em humor, não é qualquer pessoa que consegue… De qualquer forma, aqui vai uma confissão: em Agosto, troquei-o pelo Little Britain. Penso que me perdoará a indefedilidade LOL. Nunca tinha visto a série completa e achei que era altura. Munido das caixas de DVDs das 3 séries, e do especial “Little Britain Abroad” fiquei completamente apaixonado pela dupla Lucas & Williams. Não sei se aquele programa poderia ser feito em Portugal. Orçamento naturalmente não haveria (e nota-se que eles tinham mais meios nas últimas séries) mas principalmente acho que não haveria abertura de espírito para aquele humor, onde o primeiro ministro tem um acessor loucamente apaixonado por ele ou onde se parodiam os escandalos sexuais dos membros do governo (no caso daquele ministro que vem sempre aos portões de casa fazer um anúncio à imprensa – acompanhado da mulher e filhos, claro! – inventando as maiores desculpas para ter sido apanhado com homens em casas de banho públicas ou jardins…). Decididamente, autor que se atrevesse a fazer aquilo em Portugal era esmagado. Acho também que o Britain tem um rigor em termos de ritmo de montagem que é muito saudável e não vemos muito em Portugal. O programa está muito bem elaborado, as introduções aos sketches (com narrador) são fenomenais.  Vi ainda o Little Britain Live e delirei! O Herman tem que fazer algo do género num futuro próximo! Com cenários projectados e revisitando as grandes personagens de tantos anos de carreira. E com a Rueff, o César Mourão e o Joaquim Monchique. Lotação esgotada! A começar no Tivoli e com digressão marcada por todo país. Ofereço já os meus serviços como designer gráfico para tratar do cartaz do show  Ficamos à espera, ok? ;) Despeço-me com o desejo que regresse em grande forma às gravações do Hora H e envio um abraço extensível a toda a equipa. Até domingo à noite! João Pascoal

 

Caro João, que pena não seres “clonável”. Mais um milhão de espectadores com a tua cultura humorística e o Hora H estaria garantido para os próximos 20 anos ! Obrigado pela disponibilidade.

 

Olá Herman! Apenas quero partilhar consigo o quanto o admiro, e como as pessoas que me rodeavam não me compreendiam... Nasci numa aldeia do interior de Portugal e não tinhamos electricidade até aos meus 15 anos e claro não via tv, hoje tenho 34; de vez enquando íamos a casa de uma tia ver a única novela que dava na rtp1 claro, mas nunca via nada seu não sei que programa fazia nessa altura pois só podiamos ver a novela e nada mais, isto há cerca de 19 anos atrás... Até que um dia me lembro de o ver (foi a 1ª) a fazer um anúncio acho que era á TVGUIA, acho que o Herman fazia muitos anúncio naquela altura, e foi por aí que eu o conheci pois como só via a novela viamos o intervalo e fiquei a achar-lhe piada mas nem sabia o seu nome, e quando comecei a comentar que gostava de si, nem imagina o que os meus tios irmãs, vizinhas diziam... que você era assim era assado e que isso era razão para não gostar de si, mas eu gostava e ninguém iria mudar isso, por isso quando os seus anúncios apareciam eu tinha que me rir em silêncio, pois ninguém me compreendia e também não queria ser criticado da mesma forma que o faziam consigo... deixei de comentar,e devo-lhe dizer que perdi muitos anúncios seus porque quando você aparecia mudavam de canal e eu ficava irritadíssimo, mas não podia fazer nada eu estava numa casa que não era a minha... Passaram-se uns anos e perdi muitos programas seus (felizmente hoje posso ver alguns sckets na net e no canal Memória) até que aos 19 anos fui viver para o Porto, comprei finalmente uma Tv e um video e então via e gravava tudo o que era seu, era o tempo da Roda da Sorte e depois o Parabéns, via tantas vezes que decorava os textos e ainda hoje quando revejo me lembro de alguns, e continuo a adorar!!! Quero ainda partilhar consigo uma coisa: Lembra-se de ter feito de Princesa Diana quando ela deu uma entrevista á BBC a lamentar-se do Carlos e outras coisas? Você imitou-a nessa altura, o entrevistador acho que era o Victor de Sousa e eu tinha sido operado nessa semana e como sempre, gravei o Parabéns, quando saí do hospital fiquei em casa, e fui ver essa k7, estava com um penso na virilha e tinha que parar o video pois  ficava cheio de dores pois não me podia rir mais, ás tantas da entrevista a "Diana" dizia que o Carlos já não lhe ligava nenhuma, que já estava a ficar cheia de teias de aranha!!!!!!!!!!  e você não se aguentou e riu-se imenso e era nessa parte que eu tinha que parar o video pois as dores eram muitas!! Fiquei uma semana a tentar ver o scketh até ao fim, foi demais!!! Nunca mais o vi nem no You Tube... será que alguém o tem? Apesar de ter saído de uma aldeia e ter ido viver p/Porto, o preconceito de quem me rodeava continuava,havia muitas pessoas que tinham vergonha de dizer k gostavam de si, eu nunca entendi isso,mas lá fui conhecendo pessoas k gostavam e quando foi ao Rivoli fazer o Herman 98 aí é que eu percebi que havia muitas pessoas que o adoravam, até mais que eu, o nervosísmo que havia na plateia antes de o programa começar era demais, estive lá nos 2 primeiros programas... gostava de ter falado consigo nessa altura, mas pensava: será que ele vai ser simpático? E se ele ñ liga nenhuma aos fãs e me dá uma resposta de que ñ gosto? Como vou olhar p/programas dele daí p/frente? E nunca tentei aproximar-se de si por receio de saber se você era ou não simpático com os fãs... Hoje acho isso uma estúpidez, claro, até porque já o conheci....encontrei-o no ginásio (agora vivo em Lisboa) falamos, você deu-me atenção e eu nem queria acreditar que estava mesmo a falar consigo e até foi o Herman que começou a falar comigo, eu fiquei um pouco nervoso mas depois percebi que que afinal fora da TV também  é extremamente simpático, falador, adorei conhecê-lo...comentei consigo que nessa mesma semana iria c/meus sobrinhos de 15 e 12 anos ao HermanSic e você disse-me para lhe fazer um sinal da plateia pois iria cumprimenta-nos... eu achei que isso nunca iria acontecer pois nunca mais se lembraria de mim... mas mesmo sem sinal da plateia o Herman viu-me e no intervalo veio falar conosco e convidou-nos a ir ao camarim no final do programa...nem queria acreditar... os meus sobrinhos tiraram fotos consigo que são um sucesso no Hi5 e nos telemóveis... Felizmente para mim consegui passar-lhes o bom gosto de gostarem do seu humor, orgulho-me disso, os tempos são outros e até já os meus irmãos veêm o Herman e gostam, posso dizer k foi um trabalho duro, tive que esconder algumas vezes o comando da tv... Bom já me estou alongar demais, só lhe quero dizer que continuo a gostar a gravar a rever tudo o que você faz e espero fazê-lo por muito mais tempo!! Um Abraço do seu Fã. José Gomes

 

Caro José Gomes, lembro-me perfeitamente de si e dos seus sobrinhos ! As suas palavras deixam-me muito orgulhoso, e são importantes para que as pessoas que acham, que não gostar de mim é uma “moda recente”, fiquem a saber que carrego esses anticorpos militantes comigo desde sempre !

 

Querido Herman, Visto que agora tens este blog maravilhoso, aproveito para te agradecer do fundo do coração por me teres proporcionado um dos melhores momentos da minha vida, quando estive contigo pessoalmente na Queima das Fitas do Porto ano passado. (Mas não estou com isto à espera que te lembres de mim, como é lógico...tal é a quantidade de pessoas que conheces todos os dias). Apenas deixa-me que te diga que foste exactamente tudo aquilo que eu imaginava que serias: simples, humilde, simpático, atencioso, encantador, excepcional...Eu é que infelizmente acabei por fazer uma figurinha um pouco triste tal era a emoção e nervosismo que senti por estar ao pé de ti. E deste um espectáculo maravilhoso! Obrigada por seres quem és e por ao longo dos meus quase 24 anos dares muita cor e muita alegria à minha vida. Bem hajas por tudo o que sempre foste, és e decerto sempre serás! Carla

 

Doce Carla, o que eu me diverti nessa queima das fitas ! Que publico generoso ! Que festa grandiosa ! Momentos como esses dão compensam todas as vicissitudes ! Muito beijos para ti !

 

Herman acho que não ha mais nada que se possa dizer sobre si, foi uma lufada de ar fresco para este pais que (nao sei porquê) tem a mania de ser triste e tacanho. Não queria fazer nenhuma pergunta, apenas elogiar o seu trabalho de decadas. Penso que não é devidamente valorizado por isso. As suas personagens são hilariantes. Vejo frequentemente (infelizmente apenas) na net skectes feitos por si e pela sua equipa do herman sic e outros programas anteriores. Não consigo parar de rir com os cromos , o nelo e a idalia,  quintal dos ranhosos e muito mais, são verdadeiras pedras preciosas da comedia portuguesa. o Hora H acho que é feito à sua imagem e acho muito bem. Em Dezembro quando o programa chegar ao fim (espero que haja uma continuaçao), se tal nao acontecer adoraria ve-lo em digressão pelo pais com um espectaculo com todas as suas personagens e sketches mais famosos, com os seus companheiros do humor (Joaquim Monchique, Maria Vieira, Anabola, Maria Rueff...) acho que seria uma mais valia, para o panorama artistico e cultural português.  sem mais demoras cumprimentos . Marcelo - Ilha da Madeira

 

Caro Marcelo, a última memória que eu guardo da Madeira, é uma série de 4 espectáculos no vosso lindo teatro municipal Baltazar Dias. Que dias preciosos, passados no magnifico hotel Savoy do amigo Berardo. Espero poder abraçar-te quando voltar ao vosso paraíso, espero que já em 2008.

 

Caro Herman, Acho curioso que, não obstante o estatuto que tem de grande relevo na sociedade portuguesa, tenha uma postura que é um misto de humildade e de insegurança, como se se tratasse de um principiante, de alguém que não sabe ainda o caminho! Ora isso está em total discordância com aquilo que representa na cultura portuguesa, qualquer que seja a forma de ser recebido o seu trabalho pela massa anónima e não anónima da sociedade portuguesa, e qualquer que seja a conjuntura. Reconhece-o, tal é a evidência! Nas suas duas respostas aos meus comentários, vi isso! Confesso que acho estranho, tavez interessante, até. Mas inexplicável. Um abraço cordial. Cândido Lima

 

Sabes Cândido ? A visão que eu tenho do mundo não começa em Espanha e acaba no Atlântico. Passo a minha vida em viagens, o que me dá a verdadeira dimensão da minha importância: posso ser dos melhores da minha rua, mas reconheço humildemente que em termos mundiais, nem tenho nem o tamanho de um ácaro. Por isso, a minha humildade não é encenada, é real ! Prefiro assim do que ser um balão cheio de coisa nenhuma como tantos colegas que me rodeiam !

 

Olá Herman!!! Hoje decidi escrever-lhe não para opinar sobre o Hora H, muito menos para dar uma de saudosista de alguns dos seus programas do passado (e que saudades me fazem...lol). O principal motivo pelo qual resolvi escrever-lhe foi um video que hoje vi. Esse vídeo era o Herman Sic em que o Herman fazia anos e lhe prepararam aquelas "resmas" de surpresas. Esse vídeo fez-me lembrar a noite em que o programa deu e fez-me lembrar como eu estava contente por si, por achar que merecia toda aquela homenagem e por me sentir bem comigo mesmo por eu poder estar a vê-lo ter finalmente o reconhecimento (mais que) merecido. Mas hoje quando revi o vídeo, veio-me também à cabeça uma sensação de injustiça. Se é verdade que o Hora H não é um campeão de
audiências, também é verdade que outros produtos que estão em horário nobre na SIC não o são (Chiquititas por exemplo). Então porquê "castigar" o Herman e os seus fans com horários cada vez mais tardios para depois pôr produtos de qualidade duvidosa a horas decentes??? Por último tenho umas perguntas "polémicas" que gostava que o Herman me respondesse:

1 - O que acha do desentendimento entre o Raul Solnado e o director
de programas da RTP?

2 - Acha que o Dr. Pinto Balsemão vai aceitar por muito mais tempo a
direcção de programas da sic, quando esta está a baixar cada vez
mais nas audiências?

3 - Qual a sua opinião sobre a Fátima Lopes e o "desaproveitar" de José Figueiras?

Um abraço, de mais um fan, Diogo

 

Caro Diogo, aqui vão as minhas respostas:

1-      As últimas declarações do Raul Solnado que li sobre mim foram “o Herman teve o seu tempo, mas não me revejo no seu trabalho actual…” As últimas do Nuno Santos no auditório Paulo VI em Fátima (fui lá entregar um prémio aos Gato) foram: “espero poder vir a trabalhar com o Herman”. Percebes que depois disto, não estou em condições de imparcialidade para formular uma resposta “bacteriologicamente pura”.

2-      As preocupações do Dr. Balsemão, são as de gerir um negócio rentável. Se o Francisco Penim está a cumprir esse objectivo, é obvio que tem o seu lugar mais que garantido !

3-      O José Figueiras é um querido e merecia melhor enquadramento. Mas não é comparável com a rara fiabilidade e popular empatia da Fátima.

 

Boas, O meu nome e Gabriel Costa e moro perto de Braga.. So queria daber o que pensa Herman do comunicado Russo desta semana. O mesmo referia-se á bomba de vácuo (eu sempre soube que existia se bem que por motivos mais privados e alegres).  Disse o porta voz que esta arma era 4 x mais poderosa do que a bomba atomica nas, contudo, insistiu frisar que a mesma era: AMIGA DO AMBIENTE AO NÃO EMITIR RADIAÇÕES... É só.. ([..»»»GabKoost«««..])-

 

Caro Gabriel, acho quase tão grave como aqueles cigarros que por dizerem “light” na embalagem, criam no consumidor a sensação de que o cancro do pulmão é problema dos outros !

 

Herman adorei o herman SIC, gostaria que fizesem a nova temporada aos sábados. sonho um dia ser director de programas SIC sei as audiencias do dia dos programas das semanas e dos meses! por favor poderia um dia levar me aos seus estádios...? gosto muito de si, bom trabalho aas audiências vÃo subir tenho a certeza!um abraço do seu amigo, miguel, caparica.

 

Caro Miguel, também eu tenho as maiores saudades do formato “talk show”. Um dia destes ainda proponho um para os sábados “late night” da SIC. Até já tenho título e tudo: HERMAN CAFÉ COM “LATE” (risos) Musica, entrevistas e humor !

 

Olá Herman bom dia. Em primeiro lugar gostaria de lhe dizer que fez e continua a fazer um excelente trabalho na televisão portuguesa (infelizmente não há muitos), e agora pergunto: Nunca pensou em produzir um filme? Acho que seria um sucesso, porque imaginação e inteligência não lhe falta. Gostava mesmo muito (eu e milhares com certeza)...podia pensar nisso. Um Beijo, Catarina .

P.S. Parabéns pelo blog, foi uma excelente ideia.

 

Cara Catarina, ainda há dias, tive uma conversa telefónica que aponta nesse sentido. A dar-se o facto de ficar fora da TV em 2008, a realização de um filme, será com certeza uma das minhas prioridades…

 

Olá. É uma pergunta sobre a letra do Casino Royal?  Depois de "podes escolher uma mulher no menu ...como é?não percebo!depois em Alemão só percebo Frau und Geld.Como é?Esta melodia é hot. Carlos

 

Pode escolher no menu…

O que quiser

Um “mazagrin” uma mulher, um nu

Ou mesmo o “clue” de uma emoção

Ruína, paixão…

E tudo sem sair do Casino !

 

PROF. HERRERO ENVIA, AQUI DO ALGARVE, UM GRANDE ABRAÇO E MAIS UMA VEZ O MEU MUITO OBRIGADO PELOS BONS MOMENTOS QUE VIVEMOS EM TELEVISÃO. fORÇA GRANDDE HERMAN JOSÉ, COM SAUDADES.... Para lá das minhas artes, estou escrevendo 10 livros.

 

Caro Professor, ainda hoje nos rimos quando pensamos na sua “limpeza das fosses nasais” e da levitação da sua defunta “Sissi” ! Aquele abraço !

 

Olá Herman ! De uma carreira fabulosa de que sou fã, tenho saudades de ouvir aquela versão da musica “ Verde, o nosso amor é verde…” .Existe alguma gravação completa desta música ou da letra desta? Um Grande Abraço João Paulo Gomes. Funchal, Madeira

 

Caro João Paulo, eu acho que urge uma edição em CD das obras completas de Natália de Andrade ! Nem sei como ainda não pensaram nisso !

 

Estimada Joana, já há algum tempo tive o prazer de confraternizar com o Nosso estimado Herman, aquando de praticante do holmes place amoreiras. Não tendo ficado com nenhum contacto, na altura ainda tive oportunidade de um confrontar com uma ideia para uma peça de teatro, algo que vi realizar-se muito semelhante ao proposto no Xutos 25. Noutro contexto mais humorístico claro, mas com aquela envolvente e participação do publico. Confesso que imediatamente depois de o fazer, a visão que não me largava e que me fez ter tal iniciativa, se reverteu em sentimento de contracção, de inoportuno e talvez de invasão de privacidade, mas era tão forte a presença de espírito do proposto que me o levou a fazer. O que agora aqui me trás vem um pouco no seguimento desta minha tendência para propor novas ideias, ideias que nas mais variadas áreas me tomam e me sinto obrigado a concretiza-las, ou de certa forma apenas a passar a mensagem em muitos dos casos. Mas contudo sou impelido a faze-lo por me ser característica essa capacidade de criar novos projectos, inovadores, diferenciados e em muitos dos casos de extrema oportunidade. Assim espero que seja o caso desta vez. Faço a ressalva que em momento algum me levem a mal por tal iniciativa, sendo esta apenas tida como um contributo, que se na genialidade do Herman for tida como proveitosa me darei por realizado, pelo menos nesta iniciativa. Não sei se este é o canal certo, mas como admirador do Herman, e por de certa forma me ter desiludido este seu último programa, tendo eu de certa forma alguma proximidade ao passado/sucedido creio que são demasiadas as variáveis que me fazem crer que não esteve no Herman a razão de tal decepção,... mas que muito mais confiança teria de ter e talvez de forma informal e não por escrito as pudesse enumerar. Concluindo, tenho uma ideia de programa que acredito plenamente que o Herman se poderia identificar com este, inédito/inovador, extremamente criativo, oportuno observando o interesse deste junto do publico alvo, cheio de conteúdo, totalmente identificado com o perfil do Herman (minha humilde opinião), e que julgo também nesta minha humilde opinião, transporta-lo para o passo seguinte, algo que julgo ter estado muito associado a este projecto anterior, o não se ter conseguido dissociar de formatos bem sucedidos no passado mas que não se enquadraram bem neste projecto. Se este for o canal certo, e se em algum momento detectarem interesse em observar o que tenho para propor, merecendo a atenção do Herman, terei todo o gosto em o fazer. Com a maior estima e admiração . Fernando das Neves Gomes

 

Caro Fernando, era bom que as coisas fossem assim tão fáceis. Mas não são. Daqui a uns aninhos, quando revires o Hora H, vais perceber isso. Mas obrigado na mesma pela energia e convicção.

 

Caro Herman, vi-o no outro dia na RTP e adorei. Vamos tê-lo na RTP em 2008 ? Luci Simões

 

Cara Luci, a minha preocupação actual é terminar o Hora H em glória. Dia 22 de Dezembro, apresento a gala de Natal da SIC em mais um “Herman Circo”, num acto que imagino seja o meu presente de despedida do canal que me albergou durante 7 fantásticos anos. Vou parar em Janeiro, passear, ver espectáculos, dormir até tarde, e quando estiver recuperado e bem disposto, começo a sondar o mercado. Não tenho pressa de voltar a “pegar ao serviço”. Conforme tenho dito nas entrevistas “estarei disponível para qualquer televisão que precise de mim”.  Mas não em tarefas menores nem a preços de retalho.

 

As suas crónicas nos INCORRIGIVEIS são geniais. Já pensou levar o projecto para a televisão ? Não sei porquê, imagino-o na RTP a fazer aqueles 5 minutos de liberdade criativa absoluta de segunda a sexta a seguir ao telejornal! Mário Cunha / Almada

 

Caro Mário ! Não me queiras mal, nem transformar aquilo que é um puro prazer em mais uma dor de cabeça. (risos) Aquele formato resulta na intimidade de um computador, mas é de menos para o meio TV “primetime”.

 

A Rolanda é sua namorada ? Irene Pires Amendoeira

 

Hahahahaha ! Não ! É uma amiga colorida ! Muito amiga, e muito colorida. Há mesmo quem lhe chame a minha “Barbie Cintilante” ! (risos)


Este Homem não é do Norte Carago:

publicado por Joana às 17:33 | link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Filipa M a 25 de Outubro de 2007 às 17:54
belas respostas ! mas a que mais me bateu foi a ideia de ter um CAFÉ COM "LATE" aos sábados... soa-me bem. :-)


De Patrick a 25 de Outubro de 2007 às 21:04
Para o João Paulo Gomes, encontras facilmente a canção "Verde" da Natália de Andrade na net, já que não é editada acho que não tem mal adquirir por meios menos "legais"! :-P


De JP a 26 de Outubro de 2007 às 00:19
Grande Herman, obrigado a ti pelo humor e inteligência!

(PS: adoro Berlim!)

João


De Jorge Dias a 26 de Outubro de 2007 às 11:22
São com as respostas... que vamos descobrir o nosso verdadeiro artista! Como a hipótese de um filme de 2008, do "Herman Circus" a 22 de Dezembro.... e parabéns aos hermaniacos pelas perguntas muito originais que sabem fazer... mesmo com o "naravoso" miudinho.


Comentar post

CONTACTOS PROFISSIONAIS
susana.silva@hermanias.pt


email do blog : joanaherman@gmail.com

Facebook


Página feita pela :
HERMAN AO VIVO


Anunciozinho Bom


Quando um gajo não pesquisa, é muita complicado
 
Livro - As Melhores Anedotas do Herman
CD - Adeus Vou Ali Já Venho
DVD - Herman Enciclopédia
DVD - O Tal Canal
DVD - Hermanias Especial Fim de Ano
Livro - As Eternas Anedotas do Herman
DVD - Crime na Pensão Estrelinha
Herman


O Verdadeiro Artista


El Grande Criador de Toda a Música Ró

Get the Flash Player to see this player.

Ó prás novidades tão jeitosas
Letse Luque Eta Treila
online
Desenvolvimento de sites
Desenvolvimento de sites
design por isa costa

Blog de fã dedicado a todo o trabalho de
Herman José